Você já parou para refletir se você tem competência para alcançar sucesso no seu negócio? Por que se você não tiver será um enorme gasto de dinheiro e energia que poderá te fazer desistir em um curto período de tempo.

De acordo com o dicionário Competência é o substantivo feminino com origem no termo em latim competere que significa uma aptidão para cumprir alguma tarefa ou função.

Eu sou administradora e aprendi na faculdade o C.H.A. para definir competência.

Conhecimento:

Conhecimento é deter o saber. É saber o que tem que ser feito e como fazer. É conhecer a receita do bolo.

Só que o conhecimento sozinho não te leva a lugar nenhum. Você precisa colocar em prática aquilo que você aprendeu. E é aí que entra o “H” do “C.H.A.”, a habilidade.

Habilidade:

A habilidade representa a aplicação do conhecimento que é o Saber Fazer. Porque é apenas quando colocamos em prática aquilo que aprendemos que as dúvidas irão surgir.

Quando começamos a pesquisar sobre algum tema outros tantos temas satélites aparecem e normalmente temos a curiosidade de nos aprofundar. O segredo aqui é você tomar cuidado para não se tornar um estudante profissional sobre determinado assunto. Ao invés disso você deve aprender e praticar para quando surgirem as dúvidas aprender um pouco mais.

Ou seja, depois de buscar conhecimento devemos buscar a habilidade. Temos que por a mão na massa e praticar aprender na prática aquilo que aprendemos no conhecimento.

Mas saber fazer também não é suficiente, se você não tiver Atitude!

Atitude:

É a atitude que determina a sua postura perante os problemas e dificuldades.

Precisamos agir ao invés de lamentar quando as coisas não acontecem conforme esperado. A atitude está diretamente relacionada ao fato de ir lá e fazer. E se você não sabe o que fazer ou como fazer você deve buscar caminhos alternativos. Buscar apoio, buscar conhecimento. A primeira grande atitude do empreendedorismo é a coragem, pois é a partir dela que tomamos decisões, planejamos e agimos.

Creio que certo esteja Napoleão Hill ao afirmar que o sucesso se deve muito mais às atitudes do que ao conhecimento e à habilidade.

Entre 1908 e 1928 Hill entrevistou mais de 16 mil pessoas em busca das características em comum das pessoas de sucesso e uma das coisas que ele concluiu foi que apenas 15% está relacionado ao Conhecimento, 25% às Habilidades e 60% está em função das Atitudes do profissional.

Mas será que a competência “C.H.A.” é suficiente para alcançar o sucesso?

O que fez com que grandes nomes como Ayrton Senna, Steve Jobs, Thomas Edson, Leonardo Da Vinci, Albert Einstein, obtivessem extrema competência em suas áreas de atuação?

O segredo do sucesso está na CHAMA, pois para alcançar a competência descrita no CHA você precisa de Motivação e Amor.

Motivação:

Para Agir você precisa ter Motivação. É aí que entra o “M” da “CHAMA”.

A motivação está em descobrir qual é o motivo de você fazer o que você faz. E ela pode ser encontrada de duas formas.

A primeira delas é pensar em como seria a sua vida se você não fizesse isso.

No meu caso, por exemplo, o que me motiva é saber que eu estou acompanhando de perto o desenvolvimento dos meus filhos e que se eu não me esforçar ao máximo para o meu negócio dar certo eu terei que voltar para o mundo CLT e novamente ficar longe deles de 10 a 12 horas por dia.

A segunda forma de você encontrar a sua motivação é identificar como o seu negócio está contribuindo para o mundo.

No meu caso, eu ajudo mães que passam pelos mesmos conflitos que eu passei e buscam por mais qualidade de vida e equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Todo trabalho deve gerar uma contribuição, se não gerar ele não tem razão de existir.

Mas se você não tiver amor pelo que você faz, você não conseguirá ter motivação.

Amor:

E assim o “A” do amor fecha a “CHAMA” do sucesso.

Você ama o que faz?

Você faria mesmo que mesmo que ganhasse pouco?

Você trocaria momentos de lazer para trabalhar um pouco mais e assim gerar mais resultado?

Se você respondeu: “sim” para estas perguntas certamente você ama o que faz!

Eu mesma muitas vezes confundo o meu trabalho com um hobby!

O profissional que tem o amor pelo seu trabalho se sobrepõe diante da concorrência.

O que você tem que fazer é identificar quais são as competências exigidas no o negócio, qual é o seu gatilho motivacional e o que você realmente ama fazer. Feito isso, coloque-se em movimento, pois o sucesso será inevitável!

O que você achou deste artigo? Deixe seu comentário e nos diga o que mais você gostaria de saber para começar o seu pequeno negócio em homeoffice. Qual é a sua principal dificuldade?

 

 

Avalie este post.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.