Ter um filho é a experiência mais maravilhosa que uma família pode ter, mas um filho que dorme mal traz um duplo dilema: os pais sentem que estão tirando nota ZERO no quesito paternidade. Não é à toa que a dificuldade com o sono infantil é uma das maiores reclamações dos pais sobre o comportamento dos filhos nos consultórios pediátricos

Hoje falaremos como se adaptar ao ritmo de sono da criança, a começar pela Privação do Sono.

O sono é um dos momentos mais importantes para o perfeito desenvolvimento do bebê e da criança. É nessa hora que eles absorvem tudo o que aprenderam durante o dia. Mas nem sempre os pequenos “dormem como anjinhos”: é bastante comum o relato de pais preocupados com a má qualidade do sono de seus filhos, problema que afeta não só a saúde das crianças, mas também a rotina dos seus cuidadores. Uma criança com dificuldades de sono pode provocar um estresse significativo na família. E se a situação não for resolvida, os efeitos serão prejudiciais sobre o bem-estar físico e emocional da criança e da família, além do que, a disposição e a interação com a criança durante o dia estarão cercadas de frustração e fadiga.

Cada criança é diferente, há algumas que precisam dormir mais que outras. A quantidade média de sono para crianças depende da idade e estão demonstradas na tabela abaixo.  Por isso que é muito importante respeitar a rotina diária de bebê.

tabela-de-sono-do-bebe

O que ajuda muito a mamãe a ficar mais tranquila é fazer um Planejamento do seu Pós-Parto. Nesse planejamento podem constar as seguintes informações:

  • Quem irá ficar responsável pela alimentação da mãe e do resto da família? Um parente ou a avó?
  • Quem cuidará da limpeza da casa e da lavanderia?
  • Quem virá cuidar um pouco do bebê durante o dia para que a mãe tire uma merecida soneca?
  • Qual será o arranjo de cama que seu bebê vai ter? Vai ser a cama compartilhada? Vai ser o berço no seu quarto? Vai ser o berço no quarto do bebê?
  • Quem poderá ajudar a mãe durante as noites? Para algumas pessoas, ficar acordado à noite é muito difícil. Se a mãe tem muita dificuldade em lidar com a privação do sono, talvez seja bom se preparar e conseguir alguma ajuda.

Padrão de Sono do bebê Recém-nascido

Bebês recém-nascidos dormem cerca de 16-18 horas por dia, distribuídas regularmente em 6 a 7 períodos de sono. À medida que crescem e se desenvolvem, o período de sono diminui; aos 5 anos de idade, dormem entre 10 e 12 horas por dia.  Os recém-nascidos precisam mamar a cada duas, três horas, então não se pode esperar que eles durmam a noite toda por meses. É preciso se acostumar com isso e a mãe deve se esforçar para tentar recuperar o atraso de sono toda vez que puder, tirando sonecas enquanto o bebê também dorme. Recém-nascidos (0-3 meses) se sentem confortáveis quando o ambiente parece similar ao ventre materno. Enrolando o bebê, um pouco de balanço, isso tudo faz o bebê se sentir seguro. Uma vez que o sono começa a ter um padrão e os bebês podem ficar mais tempo sem acordar para mamar (3-5 horas por volta dos 4 meses.

Como estabelecer bons hábitos de sono para bebês de 0 a 3 meses

  • Deixe que o bebê adormeça por conta própria Tentar deixar o bebê adormecer sozinho, colocando-o no berço quando parecer cansado, mas ainda estando acordado. Dessa forma, ele vai aprender a adormecer sem que alguém tenha que ficar balançando de um lado para o outro.
  • Ruídos do sono. Os bebês quando dormem emitem sons, resmungam, choramingam, choram, mas nem sempre estão acordados. Portanto, é importante não responder a cada ruído de sono. É preciso ouvir e observar o bebê atentamente. Aprender a diferenciar os sons do sono, da fome e do despertar.
  • Diferença entre dia e noite: Ajude o bebê a distinguir sono diurno e sono noturno dando um banho toda noite antes de dormir, mantendo as mamadas noturnas silenciosas e tranquilas. Não é preciso fazer trocas de fralda, a não ser que estejam muito molhadas. Caso for realizar a troca, evitar luzes intensas.
  • Não permita que o bebê tire longas sonecas. Se o bebê dormir muito durante o dia, por períodos de 3 a 5 horas consecutivas, acordará com frequência à noite.
  • Ative o reflexo de calma

Continuaremos nos próximos posts, dando inúmeras dicas para o seu sono e do seu bebê ser bem melhor!0

Karen Paz

Avalie este post.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.