Como qualquer outra data comemorativa, o dia das mulheres se tornou uma data puramente comercial. Nós adoramos receber chocolates, presentes, carinho, mas nem todas sabem o que representa o dia das mulheres.

Cerca de 1 século atrás as mulheres cuidavam exclusivamente da casa e dos filhos e era tarefa exclusiva dos homens sair para trabalhar e trazer dinheiro para o sustento da família.

Foi durante as Guerras Mundiais que as mulheres começaram a ingressar no mercado de trabalho.

Os homens iam para a batalha e muitas vezes não voltavam e para garantir o sustento da família as mulheres começaram a buscar oportunidade de trabalho.

Só que trabalho das mulheres era inferiorizado em comparação com o dos homens, e as condições de trabalho, os salários e benefícios das mulheres também eram inferior (e ainda são)!

Esses fatores motivaram as mulheres a iniciar uma revolução feminista em busca de direitos iguais.

Em 1908, 1500 mulheres, nos Estados Unidos, foram à rua, em busca de igualdade econômica e política.

Em março de 1911, 130 operárias morreram carbonizadas dentro de uma fábrica têxtil em Nova Iorque por reivindicarem melhores condições de trabalho. O dono da fábrica fechou a fábrica e colocou fogo nas mulheres lá dentro.

Em 1917, na Rússia, 90 mil operárias protestaram contra as más condições de trabalho e a fome. Esse protesto foi conhecido como “Paz e Pão”. Mas somente em 1945 foi que a ONU consagrou como dia Internacional da Mulher o dia 8 de março.

E hoje, o que essa data significa para você?

Como você se vê como mulher, como esposa, como mãe, como dona de casa, como trabalhadora?

O que você reivindica?

Eu não estou aqui para defender o feminismo, mas sim para te instigar você a identificar o que você realmente deseja para a sua vida.

Você quer ficar em casa e cuidar exclusivamente dos filhos, lute por isso!

Se você quer trabalhar fora, quer estar no mercado de trabalho, quer ter um grande nome, ser diretora de uma grande multinacional, lute por isso!

A verdade é que a maioria das mulheres estão confusas sem saber para onde ir.

Não querem abrir mão da maternidade, mas também não querem abrir mão do trabalho. Se sentem sobrecarregadas diante da tripla jornada e sem clareza de qual é o melhor caminho a seguir.

E toda esta confusão mental acontece por causa do sistema de crenças que foi formado de acordo com a nossa experiência de vida. Como foi para a sua mãe e sua avó viver a carreira e a maternidade?

Quando olhamos para a nossa biografia conseguimos identificar em nós muitas repetições de comportamento que acontecem de forma inconsciente mesmo não fazendo sentido para nós. Mas como sair deste ciclo vicioso?

Para sair deste ciclo vicioso é preciso ativar o seu poder pessoal e puxar as rédeas da sua vida.

Em primeiro lugar é importante descobrir o que faz seu coração brilhar e o que te impede de seguir o caminho dos teus sonhos.

O problema é que diante da turbulência da vida muitas mulheres deixaram de sonhar e seguem a manada vivendo a vida como dá.

Aproveite este dia internacional da mulher e venha fazer parte do Grupo Mulheres de Poder.

Um espaço para você se redescobrir, ativar o seu poder pessoal, definir suas metas e sair para uma nova vida com muito brilho e confiança.

 

Se você deseja se libertar das amarras que te impedem de brilhar, inscreva-se na lista de espera para a próxima turma do Grupo Mulheres de Poder:

https://goo.gl/forms/4jkZibcAq4qSvlOp1

O Grupo Mulheres de Poder á para mulheres que desejam transformar suas crenças e elevar a sua autoestima, mudando a forma como veem o mundo. E o grande resultado é um estilo de vida mais saudável e mais produtivo.

Inscreva-se no formulário abaixo  venha fazer parte da próxima turma!

https://goo.gl/forms/4jkZibcAq4qSvlOp1

Aqui neste vídeo eu falo um pouco mais sobre o Dia das Mulheres.

 

Avalie este post.

Vanessa
Vanessa

Olá, Meu nome é Vanessa Ribeiro, tenho 35 anos, sou casada há 13 e a melhor parte de mim é que sou mãe de uma garota de 8,5 anos e de gêmeos de 1,5 ano. Sou administradora, empreendedora digital e coach de mães que desejam conciliar carreira e maternidade.

    1 Comentário a "Porque Comemorar o Dia das Mulheres?"

    • kurachi

      obrigado pelo episodio

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.