Olá mamães, meu nome é Ana Yuan e no meu primeiro post aqui no blog eu quero compartilhar com vocês algumas passagens do desfralde da minha filha que hoje tem 9 anos.

O desfralde começou quando ela tinha 2 anos e 2 meses. Retardamos em 1 mês o processo que foi iniciado na escola pois tínhamos uma viagem para o exterior e não iria dar certo fazer essa viagem no meio do processo de desfralde. Assim que retornamos demos início ao desfralde. A escola entrou em contato para falar da importância da parceria entre escola x pais. Pois todo trabalho que é feito durante o dia na escola tem que ser continuado em casa, sempre com muito amor a paciência para que a criança se sinta segura nesse processo.

Lá fui eu comprar algumas calcinhas para mandar para escola. Acho que mandei umas 4 ou5 no primeiro dia achando que estava arrasando, quando fui busca-la a quantidade não foi suficiente. Lá fui eu as pressas de noite comprar mais calcinhas. No outro dia acho que mandei 1 dúzia, sendo que ela ficava meio período na escola. Acho que exagerei, mas é melhor sobrar do que faltar certo?

E neste processo teve um dia bem hilário. Quer dizer hoje acho hilário, no dia não achei, meio que desesperei,,,(risos).

Um fim de tarde fui buscá-la na escola e passei para trocar a roupa dela em casa, pois íamos sair. Nossa lembro direitinho desse dia até hoje, acreditam?

Estava no quartinho dela separando a roupa para sair, quando ela me chamou, eu virei para trás e lá estava a poça de xixi no chão e ela meio assustada. Falei para ela que estava tudo bem, que não tinha problema. Perguntei se ela queria ir ao banheiro e adivinha a resposta…ela disse NÃO. Pois bem sequei o chão, troquei a roupinha dela. Tudo ok, virei para fazer algo e em questão de 1 a 2 minutos, ela me chama de novo. Adivinhem? Mais 1 xixi, e novamente eu a tranquilizei, falei que não estava brava e perguntei se queria fazer o xixi no banheiro ou no piniquinho, e ela disse convicta que NÃO.

De novo eu tirei a roupinha molhada e a troquei. Passado mais um curto espaço de tempo ocorreu de novo. Para encurtar aconteceram 5 xixis seguidos num espaço de 30 minutos mais ou menos. Por dentro eu j[a estava em profundo desespero, e pensava nunca mais vou conseguir sair de casa?

Mas calma gente, tudo na vida passa. São fases que temos que passar. Ela teve um desfralde tranquilo. Em 15 dias começamos o desfralde noturno, que ocorreu de forma muito satisfatória. Se no episódio dos 5 xixis, eu tivesse desistido e colocado fralda nela, assim como perdesse a paciência e brigado com ela, colocado a força no banheiro, comprometeria todo o processo e seria bem mais difícil.

Cada criança tem seu tempo. Devemos respeitar o tempo delas. Temos que ter tranquilidade, paciência e amor. Mostre que você está ali para ajudar, eles precisam sentir segurança e carinho. As coisas fluem podem acreditar.

E você? Conte para nós como foi ou como tem sido o processo de desfralde do seu filho.

Ana Yuan

 

 

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.